OBB 2015 - Fase 1

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×

Comentário por: Thompson Vitor Marinho, Maria Thereza Moreira de Menezes, Pedro Henrique Silva de Oliveira e Manoel Alves Mota Neto

Para ver o caderno de provas, clique aqui.

QUESTÃO 1

Na novela Império, o Comendador, ao desconfiar que a esposa o traiu com Silviano, exige que seja feito um exame de sangue para confirmação da paternidade de seus filhos. Para provar que os filhos são do Comendador, a “imperatriz” pegou a carteira de vacinação e provou que seus herdeiros só podem ser do Comendador, já que ela possui sangue tipo A, enquanto o dele é AB, ou seja, só pode gerar filhos de tipos sanguíneos A, AB ou B. Maria Clara e João Lucas são B e José Pedro AB. José Pedro não podia ser filho de Silviano (tipo O).

A constatação que "a imperatriz provou que seus herdeiros só podem ser do Comendador” está errada uma vez que:

a) Indivíduos de sangue tipo B não podem ser filhos de indivíduos AB.

b) Indivíduos de sangue tipo AB não podem ser filhos de indivíduos AB.

c) Indivíduos de sangue tipo B não podem receber transfusões de indivíduos AB.

d) Indivíduos de sangue tipo O não podem receber transfusões de indivíduos AB.

e) Exames de tipagem sanguínea somente permitem a exclusão da paternidade, não sua confirmação.

Assunto abordado

Genética (Sistema sanguíneo ABO)

[collapse]
Resolução

Os tipos sanguíneos são determinados pelos genes IA, IB, e i, com o seguinte padrão de dominância: IA = IB > i.

Isto corrobora para que indivíduos IAIA ou IAi sejam do tipo sanguíneo A, indivíduos IAIB sejam do tipo AB, indivíduos IBIB ou IBi sejam do tipo B e os indivíduos ii sejam do tipo O. Como a imperatriz possui tipagem A e possui dois filhos do tipo B, ela não pode ser homozigótica, apresentando, portanto, genótipo IAi.

Existem as seguintes possibilidades de cruzamento entre a imperatriz (tipo A) e o comendador (tipo AB):

IA IB
IA IAIA

(tipo A)

IAIB

(tipo AB)

i IAi

(tipo A)

IBi

(tipo B)

Entre a imperatriz (tipo A) e o Silviano (tipo O), existem as seguintes possibilidades:

i i
IA IAi

(tipo A)

IAi

(tipo A)

i ii

(tipo O)

ii

(tipo O)

Como José Pedro possui tipagem B, é impossível que ele seja filho de Silviano. A afirmação de que foi provado que os filhos só podem ser do comendador, contudo, é incorreta, já que, na verdade, o pai pode ser qualquer homem com tipo sanguíneo AB ou B.

[collapse]
Gabarito

Letra E

[collapse]

QUESTÃO 2

Atualmente, o exame mais comumente utilizado para determinação de paternidade compara:

a)     O DNA das células somáticas do filho e dos pais.

b)     O RNA das células somáticas do filho e dos pais.

c)      O DNA das células reprodutivas do filho e dos pais.

d)     O RNA das células reprodutivas do filho e dos pais.

e)     O DNA das células somáticas dos filhos com o DNA das células reprodutivas dos pais.

Assunto abordado

Biotecnologia (DNA fingerprint)

[collapse]

Resolução

O exame de paternidade atual é feito comparando-se o DNA de células somáticas do pai com o DNA das células somáticas do filho. Primeiro, é retirada uma amostra de DNA, proveniente, normalmente, da mucosa bucal. A quantidade de DNA é amplificada por meio da técnica PCR, e depois os DNAs são comparados por meio da eletroforese em gel de poliacrilamida.

[collapse]

Gabarito

Letra A

[collapse]

QUESTÃO 3

Nos idos de 1930, sapos africanos que teriam contraído uma doença provocada por fungos foram exportados para uso em testes de gravidez de seres humanos, o que poderia ter levado à disseminação da doença conhecida como Chytridiomycosis, que é atualmente uma das grandes causas do declínio no número de anfíbios no mundo. Avaliação mais recente demonstra que quase um terço desse grupo de animais corre risco de extinção e, embora a infecção por fungo seja considerada uma das principais causas do desaparecimento, apontam-se outras, tais como: a perda de habitat, a devastação de florestas, a mudança de clima e a poluição ambiental.

A relação existente entre os fungos e os anfíbios descritos no texto pode ser classificada como:

a) Competição

b) Parasitismo

c) Comensalismo

d) Foresia

e) Predação

Assunto abordado

Ecologia (Relações ecológicas)

[collapse]

Resolução

A relação apresentada é caracterizada por um hóspede sendo beneficiado e o hospedeiro apresentando prejuízos. Isso constitui o parasitismo. O termo foresia, não muito conhecido,  caracteriza uma outra relação ecológica interespecífica, na qual um indivíduo transporta outro, sem prejuízo mútuo.

[collapse]

Gabarito

Letra B

[collapse]

QUESTÃO 4

O teste de gravidez descrito acima é curioso mas, mesmo assim, nos dias de hoje, a análise da urina da mulher grávida permite a identificação do seu estado gravídico. Este exame se baseia na observação na urina do hormônio embrionário denominado:

a) Progesterona

b) Estrogênio

c) Folículo estimulante

d) Luteinizante

e) Gonadotrofina coriônica

Assunto abordado

Fisiologia Humana (Hormônios)

[collapse]
Resolução

Dentre os hormônios citados, o único exclusivo da gravidez é o HCG, ou Hormônio da Gonadotrofina Coriônica. No início da gravidez, a concentração de HCG na urina sobe rapidamente, possibilitando que sua concentração seja utilizada como um teste de gravidez.

[collapse]
Gabarito

Letra E

[collapse]

QUESTÃO 5

As lesões provocadas pelos fungos muitas vezes afetam a pele dos anfíbios, levando à sua hiperqueratose. Uma consequência deste tipo de alteração é:

a) falta de oxigênio nos tecidos.

b) dificuldade de alimentação.

c) hemorragias.

d) perda excessiva de água.

e) aumento do metabolismo basal.

Assunto abordado

Zoologia (Classe Amphibia)

[collapse]
Resolução

Hiperqueratose é a produção excessiva de queratina, que, nos anfíbios, encontra-se na derme e atua contra a perda de água. Como os anfíbios apresentam respiração cutânea (dependente da pele), um excesso de queratina na derme pode provocar uma maior dificuldade neste processo, ocasionando uma falta de oxigênio nos tecidos.

[collapse]
Gabarito

Letra A

[collapse]

QUESTÃO 6

Os únicos astronautas gêmeos idênticos da NASA pretendem servir de cobaias para pesquisas que estudam os impactos genéticos de voos espaciais de longa duração. O astronauta Mark Kelly, que comandou quatro missões do ônibus espacial, inclusive o último voo do Endeavour, será o objeto de pesquisa na Terra, enquanto seu irmão gêmeo será submetido à pesquisa em órbita. A agência espacial dos EUA está pedindo a pesquisadores ideias sobre possíveis experiências. Os cientistas estariam procurando diferenças genéticas nos gêmeos já que um irmão estará vivendo no ambiente sem gravidade do espaço e o outro estará na Terra.

Suponha que a análise de características ao fim do estudo traga como resultado os seguintes índices de semelhança:

Característica % semelhança
Índice de massa corporal (IMC) 95
Colesterol sanguíneo 85
Glicemia 90
Testosterona 70
Densidade óssea 75

Poderia se afirmar que o ambiente é mais importante na determinação da característica:

a) IMC.

b) Colesterol sanguíneo.

c) Glicemia.

d) Testosterona.

e) Densidade óssea.

Assunto abordado

Genética

[collapse]
Resolução

Já que ambos apresentam o mesmo material genético, é de se esperar que a porcentagem de semelhança entre os dois fosse muito alta em condições normais. Portanto, uma grande diferenciação entre os dois em alguma característica deve ter sido causada por algum fator externo, ou seja, influenciada pelo ambiente. Pelos dados da tabela, a característica que apresenta menor taxa de semelhança consiste no hormônio testosterona produzido por cada um dos gêmeos.

[collapse]
Gabarito

Letra D

[collapse]

QUESTÃO 7

Caso uma planta fosse plantada em vaso deitado no interior da espaçonave (conforme a figura abaixo), a ausência do gravitropismo determinaria seu crescimento (considere a luz da espaçonave difusa):

im1

a) vertical para cima.

b) vertical para baixo.

c) inclinado para cima.

d) inclinado para baixo.

e) horizontal.

Assunto abordado

Botânica

[collapse]
Resolução

A direção do crescimento da planta é determinada por 2 principais fatores: gravitropismo e fototropismo, ou seja, movimento relativo à gravidade e à luz, respectivamente. A planta cresce em sentido oposto à força gravitacional ("para cima") e em direção à luz. Na ausência desses dois fatores, porém, a planta irá crescer no sentido oposto ao da raiz.

[collapse]
Gabarito

Letra E

[collapse]

QUESTÃO 8

A osmose reversa é uma das formas possíveis para obtenção de água potável a partir da água do mar. Observe a figura abaixo que mostra como ela ocorre:

im2 im3

No diagrama observa-se que este processo depende da existência de uma pressão positiva na região onde encontra-se a solução salina. Isso ocorre porque:

a) a pressão positiva impede a passagem do sal para a água pura.

b) a pressão obriga o deslocamento da água contra o gradiente de concentração.

c) se não houver pressão positiva as colunas de solução tenderão a apresentar as mesmas alturas.

d) a pressão aumenta a abertura de aquaporinas presentes na membrana semipermeável.

e) a pressão garante o transporte ativo de sais da água pura para a solução salina.

Assunto abordado

Transporte de substâncias em sistemas biológicos

[collapse]
Resolução

Em condições normais, o transporte de água segue o gradiente de concentração: o solvente passa da solução hipotônica para a hipertônica, até que elas fiquem isotônicas. Na osmose reversa, porém, é aplicada uma pressão sob a solução hipertônica, fazendo com que a água migre para a hipotônica, atuando, portanto, contra o gradiente de concentração.

[collapse]
Gabarito

Letra B

[collapse]

QUESTÃO 9

O Parlamento Britânico aprovou, na tarde desta terça-feira, um procedimento de fertilização in vitro que usa gametas de três pessoas (duas mulheres e um homem) para gerar bebês. [...] Uma das técnicas aprovadas consiste em transplante de núcleo entre dois óvulos. Uma mulher com DNA mitocondrial defeituoso tem o núcleo de seu óvulo removido. Este núcleo, carregando informações genéticas como altura, cor dos olhos e cor da pele, é então implantado no óvulo de uma doadora com DNA mitocondrial saudável, cujo núcleo foi previamente retirado. Este óvulo, com informações de ambas as mulheres, é, em seguida, fecundado pelo espermatozoide do pai. O embrião gerado tem 0,1% de DNA da doadora.

O novo procedimento aprovado na Inglaterra é importante pois o uso de óvulos de uma segunda mulher evita:

a) doenças mitocondriais de origem materna.

b) doenças mitocondriais de origem paterna.

c) doenças mitocondriais de ambos os parentais.

d) mutações nucleares de origem paterna.

e) mutações nucleares de origem materna.

Assunto abordado

Genética

[collapse]
Resolução

As mitocôndrias são uma herança proveniente exclusivamente das mães, pois no processo de fertilização todo o citoplasma do futuro zigoto é herdado do óvulo. A integração do núcleo do óvulo da mãe 1 com o citoplasma do óvulo da mãe 2 garante que as mitocôndrias sejam herdadas de uma pessoa saudável, eliminando as chances de doenças mitocondriais.

[collapse]
Gabarito

Letra A

[collapse]

QUESTÃO 10

Estima-se que 16% dos casos de surdez no Brasil tenham causas genéticas confirmadas, sendo que em 70% dos casos a surdez é não-sindrômica. Em 80% das perdas auditivas hereditárias não-sindrômicas a herança é autossômica recessiva, em 10 a 20% a herança é autossômica dominante, de 2 a 3% é ligada ao cromossomo X e em apenas 1% é de herança mitocondrial. Observe o heredograma abaixo de uma família com surdez com herança mitocondrial:

im4

Os indivíduos assinalados em preto apresentam perda auditiva de grau variável. Os indivíduos com uma barra horizontal acima de seus símbolos passaram por avaliação foniátrica e audiológica. Os indivíduos indicados com asterisco foram testados e apresentam a mutação mitocondrial.

A ausência de surdez nos indivíduos II-14, III-3, III-4, III-5, III-6 e III-7 é mais bem explicada na seguinte alternativa:

a) o gene da surdez é recessivo e estes indivíduos são heterozigotos.

b) estes indivíduos herdaram genes mitocondriais normais de origem paterna.

c) indivíduos podem apresentar o gene da surdez, mas ainda não o expressaram.

d) é mais provável o nascimento de indivíduos normais do que de indivíduos surdos.

e) novas mutações ocorreram nestes seis indivíduos da família.

Assunto abordado

Genética

[collapse]
Resolução

Quando a mãe apresenta uma doença mitocondrial, todos os seus filhos necessariamente herdarão os genes para essa doença, pois as mitocôndrias do zigoto provêm exclusivamente do óvulo. Assim, embora o heredograma indique que os indivíduos citados não apresentam um quadro de surdez (fenótipo), uma análise específica dos seus genótipos mostraria a presença do gene responsável pela doença.

[collapse]
Gabarito

Letra C

[collapse]

QUESTÃO 11

A mitocôndria está para uma célula, assim como a ______________está para uma cidade:

a) central de força.

b) rodovia

c) aterro sanitário.

d) central dos correios.

e) área agrícola.

Assunto abordado

 Citologia (organelas celulares)

[collapse]
Resolução

A mitocôndria é uma organela responsável pela respiração celular, processo que produz energia a partir da quebra de moléculas orgânicas. Analogamente, a central de força é o elemento responsável pela produção e distribuição da energia de uma cidade.

[collapse]
Gabarito

Letra A

[collapse]

QUESTÃO 12

A análise de exames de esforço físico permite acompanhar diversas variáveis fisiológicas. Neste teste aumenta-se a carga a cada minuto em 10%, 20%, 30%,40%, 50%, 60%, 70%, 80% e 90% da carga máxima (1RM) ou até a exaustão voluntária. Observe o comportamento de quatro variáveis fisiológicas nos gráficos abaixo:

im5

As curvas evidenciam que na atividade física a glicemia varia de forma inversamente proporcional com o volume de dióxido de carbono, isso decorre do(a):

a) consumo anaeróbico da glicose pela musculatura estriada esquelética.

b) acúmulo de CO2 proveniente da glicólise.

c) aumento da atividade aeróbica durante a atividade física.

d) maior ventilação pulmonar que exige maior gasto energético.

e) secreção de glucagon pelo pâncreas em atividades extenuantes.

Assunto abordado

Metabolismo energético

[collapse]
Resolução

Conforme a respiração celular aeróbica é realizada, o volume de CO2 liberado aumenta e a glicose é consumida, o que ocasiona uma diminuição na glicemia.

[collapse]
Gabarito

Letra C

[collapse]

QUESTÃO 13

Na escassez de glicose, outros compostos não glicídicos poderão ser utilizados para sua regeneração. Este processo, denominado gliconeogênese, pode ocorrer no fígado a partir dos seguintes substratos:

a) glicerol, ácidos graxos e lactato.

b) glicerol, aminoácidos e lactato.

c) ácidos graxos, aminoácidos e lactato.

d) glicogênio, glicerol e ácidos graxos.

e) glicogênio, aminoácidos e lactato.

Assunto abordado

Metabolismo energético

[collapse]
Resolução

A gliconeogênese é um processo no qual a glicose é produzida a partir de compostos aglicanos (não-açúcares ou não-carboidratos). Em humanos, os principais precursores são o lactato, o piruvato, o glicerol e aminoácidos. Esse processo ocorre essencialmente em períodos de jejum, tendo como palco o fígado e, em menor extensão, os rins, permitindo o suprimento contínuo de glicose para alguns tecidos corporais (o tecido nervoso do cérebro, por exemplo). Além disso, vale lembrar que o glicogênio é um composto glicídico (polímero de alfa-glicose), que sofre hidrólise e libera suas unidades monoméricas de glicose em situações de hipoglicemia, por meio do processo denominado glicogenólise (não confundir com gliconeogênese!!). Em relação aos ácidos graxos, é importante colocar que tais substâncias são provenientes da hidrólise de triglicerídeos (um tipo específico de lipídeo) e podem participar do metabolismo energético através de um processo chamado beta-oxidação, por meio do qual são oxidados até Acetil-Coa. No entanto, a reação Acetil-Coa ---> Piruvato não ocorre, já que, a reação espontânea é a de sentido contrário (com formação de Acetil-Coa). Observe o esquema abaixo.

im6

[collapse]
Gabarito

Letra B

[collapse]

QUESTÃO 14

A crise da água observada em alguns estados do sudeste nos obriga a pensar em alternativas que permitam a continuidade do fornecimento deste recurso à população. A alternativa que contém medida que auxiliaria na redução do seu consumo pela população é a:

a) tratamento dos esgotos e reaproveitamento de sua água.

b) dessalinização das águas do mar.

c) trocas de canos antigos das redes de distribuição.

d) campanhas de uso racional da água.

e) criação de aquedutos que transportem a água de regiões de maior pluviosidade para o estado de São Paulo.

Assunto abordado

Sustentabilidade (Economia de água)

[collapse]
Resolução

Dentre as alternativas apresentadas, a única que apresenta uma forma de promover a redução do consumo é a alternativa que diz respeito às campanhas de uso racional da água, que visam orientar a população acerca da necessidade de evitar o desperdício desse recurso natural. As demais alternativas tratam de medidas baseadas na reutilização de água.

[collapse]
Gabarito

Letra D

[collapse]

QUESTÃO 15

A falta de água teve um impacto significativo na economia das casas: o aumento da tarifa de energia. O aumento tarifário é justificado porque:

a) sem água, as casas passam a usar mais energia para bombeamento das águas do lençol freático.

b) a energia mais cara compensa as perdas financeiras das companhias de distribuição de água.

c) o Brasil aumentou o uso de usinas nucleares que são mais caras do que as hidrelétricas.

d) o Brasil aumentou o uso de usinas hidrelétricas que são mais caras do que as termoelétricas.

e) a ligação das termoelétricas aumentou o custo de geração de energia uma vez que estas utilizam combustíveis fósseis.

Assunto abordado

Produção energética brasileira

[collapse]
Resolução

Na atualidade, a fonte de energia mais utilizada no Brasil é a hidrelétrica. Porém, quando ocorre falta d'água, a energia produzida pelas hidrelétricas torna-se insuficiente e é necessária recorrer à uma segunda opção: as usinas termoelétricas. Como nas usinas termoelétricas é necessário um maior gasto (principalmente com os combustíveis a serem queimados) para produzir a mesma quantidade de energia, a tarifa energética sobe.

[collapse]
Gabarito

Letra E

[collapse]

QUESTÃO 16

Enquanto o sudeste amarga a falta d´água, estados da região Norte como o Acre sofrem uma das maiores cheias de sua história. Observa-se que as enchentes têm trazido nesta região um maior número de ocorrências de:

a) tuberculose

b) meningite

c) pneumonia

d) sífilis

e) leptospirose

Assunto abordado

Programa de saúde

[collapse]
Resolução

O excesso de chuvas tende a aumentar as chances de contaminação por doenças que se proliferam devido à formação de poças e enchentes, como a dengue. No caso da questão, a única doença favorecida é a leptospirose, patologia causada pelo contato com a bactéria Leptospira presente na urina de ratos que pode estar diluída nas águas das enchentes. As demais doenças possuem as seguintes características:

- Tuberculose: doença respiratória contagiosa causada por bactérias do gênero Mycobacterium;

- Meningite: inflamação viral ou bacteriana das membranas que revestem o sistema nervoso central;

- Pneumonia: doença respiratória que se caracteriza por uma inflamação nos pulmões;

- Sífilis: doença sexualmente transmissível causada pela bactéria Treponema pallidum.

[collapse]
Gabarito

Letra E

[collapse]

QUESTÃO 17

im7

A tristeza do chimpanzé ao ler a notícia sobre casos de racismo leva a uma reflexão correta do ponto de vista biológico. Chimpanzés não são ancestrais dos humanos pois:

a) a criação de todas as espécies do planeta ocorreu simultaneamente.

b) na verdade são os homens os ancestrais dos chimpanzés.

c) homem e chimpanzé evoluíram a partir de um ancestral comum.

d) o homem surgiu a partir do acúmulo de mutações no chimpanzé.

e) a seleção natural atuou no chimpanzé, mas não na espécie humana.

Assunto abordado

Evolução

[collapse]
Resolução

Segundo a teoria da evolução, uma espécie surge devido ao acúmulo de mutações em um ancestral, ao longo do tempo. No que diz respeito ao surgimento da espécie humana, acredita-se que um ancestral gerou uma linhagem que posteriormente originou os homens, enquanto outra linhagem desse mesmo ancestral originou posteriormente os macacos. Dessa forma, humanos e macacos compartilham um ancestral em comum.

[collapse]
Gabarito

Letra C

[collapse]

QUESTÃO 18

A análise da palavra racismo, mostra-se mal utilizada nas reações de ódio observadas recentemente. Para a biologia, nesses casos esta palavra não se aplica, pois:

a) brancos e negros são espécies diferentes.

b) brancos e negros são de raças diferentes.

c) brancos e negros são da mesma raça.

d) brancos e negros evoluíram dos asiáticos.

e) os asiáticos formam uma raça mais primitiva.

Assunto abordado

Taxonomia

[collapse]
Resolução

Atualmente considera-se que a espécie humana não apresenta raças, dessa forma não faz sentido falar em racismo (segregação com base em raça) entre humanos.

[collapse]
Gabarito

Letra C

[collapse]

QUESTÃO 19

im8

A região do nucléolo sempre aparece de forma bastante evidente dentro do núcleo, isso ocorre porque nesta região:

a) ocorre intensa síntese de proteínas.

b) ocorre síntese e estocagem de RNAr

c) ocorre síntese e estocagem de RNAt

d) ocorre síntese e estocagem de RNAm

e) há maior concentração de histonas do que em outras regiões nucleares

Assunto abordado

Citologia

[collapse]
Resolução

O nucléolo é a região do núcleo onde há intensa síntese e acúmulo de RNAr (material formador de ribossomos quando associado a proteínas) pois é onde os ribossomos são formados.

[collapse]
Gabarito

Letra B

[collapse]

QUESTÃO 20

Usualmente encontramos o complexo golgiense bastante próximo do retículo endoplasmático. Esta proximidade ocorre pois:

a) o complexo golgiense secreta proteínas produzidas pelo retículo endoplasmático liso.

b) o complexo golgiense secreta lipídios produzidos pelo retículo endoplasmático rugoso.

c) o retículo endoplasmático secreta glicídios produzidos pelo complexo golgiense.

d) o retículo endoplasmático secreta proteínas e lipídios produzidos pelo complexo golgiense.

e) o complexo golgiense secreta lipídios e proteínas produzidos pelo retículo endoplasmático.

Assunto abordado

Citologia

[collapse]
Resolução

O Complexo de Golgi atua em parceria com o Retículo Endoplasmático (RE), pois as proteínas produzidas no RE rugoso e os lipídios produzidos no RE liso frequentemente são mandadas para face cis do Complexo de Golgi, onde sofrem as modificações necessárias ao seu bom funcionamento e, em seguida, são “empacotados” em vesículas membranosas. Saindo pela face trans do Complexo, tais substâncias são direcionadas ao seu destino final (como o meio extracelular, por exemplo).

[collapse]
Gabarito

Letra E

[collapse]

QUESTÃO 21

É comum encontrar ao redor das mitocôndrias uma grande quantidade de vesículas. Estas vesículas brotam do retículo e atuam combatendo radicais livres provindos da atividade mitocondrial. O texto refere-se às vesículas denominadas:

a) peroxissomos.

b) glioxissomos.

c) lisossomos.

d) vacúolos digestivos.

e) vacúolos contrácteis.

Assunto abordado

Citologia

[collapse]
Resolução

As mitocôndrias estão constantemente produzindo espécies reativas de oxigênio (ROS) como peróxidos e superóxidos. Essas substâncias precisam ser neutralizadas pois podem causar danos à célula, devido ao seu alto poder oxidante. Em virtude disso, perto das mitocôndrias encontramos algumas vesículas repletas de enzimas (como a catalase), chamadas de peroxissomos, que agem degradando as ROS.

[collapse]
Gabarito

Letra A

[collapse]

QUESTÃO 22

Gregor Mendel nasceu em 1822 na Áustria e estudou matemática e ciências naturais antes de entrar para um mosteiro. Cruzando ervilhas, Mendel concluiu umas das principais leis da genética: “Cada característica é determinada por dois fatores que se separam na formação dos gametas, onde ocorrem em dose simples, isto é, para cada gameta é encaminhado apenas um fator.” Esta lei ficou conhecida como primeira lei de Mendel. Marque a alternativa abaixo que contém gene que não apresentará segregação compatível com a primeira lei de Mendel:

a) gene autossômico dominante.

b) gene autossômico recessivo.

c) gene autossômico codominante.

d) gene ligado ao sexo na gametogênese feminina.

e) gene ligado ao sexo na gametogênese masculina.

Assunto abordado

Genética (1ª lei de Mendel)

[collapse]
Resolução

O cromossomo Y (que condiciona sexo masculino) não apresenta algumas sequências presentes no cromossomo X, então, pode acontecer de um gene para uma característica estar presente em um locus do X que não existe no cromossomo Y. Assim, na gametogênese masculina apenas os gametas com o cromossomo X carregarão um alelo para essa característica (ao invés de todos como prevê a 1ª lei).

[collapse]
Gabarito

Letra E

[collapse]

QUESTÃO 23

Observe a imagem abaixo que mostra a importância das proteínas para nosso organismo:

im9

Marque a alternativa correta com base nas informações presentes na figura e em seus conhecimentos prévios:

a) proteínas não possuem papel plástico no organismo humano.

b) algumas proteínas desempenham papel de proteção e impermeabilização.

c) proteínas dos tendões tem o papel de facilitar sua contração.

d) o hormônio insulina é produzido quando necessitamos de mais glicose circulante no sangue.

e) a enzima amilase atua digerindo alimentos de origem animal em nossa saliva.

Assunto abordado

Bioquímica (Proteínas)

[collapse]
Resolução

Proteínas possuem diversas funções no nosso organismo. Proteínas como a queratina desempenham um papel plástico (de dar forma); outras proteínas chamadas de imunoglobulinas protegem o nosso corpo de infecção; algumas também são usadas na impermeabilização. Algumas proteínas formam hormônios, como a insulina, que atua diminuindo as taxas de glicose na corrente sanguínea. Por fim as proteínas podem ser catalisadores chamados de enzimas. Uma enzima comum é a amilase que atua na digestão de amido, um polissacarídeo de reserva encontrado em vegetais, mas não em animais.

[collapse]
Gabarito

Letra B

[collapse]

QUESTÃO 24

A imagem abaixo mostra o processo de substituição das comunidades ao longo do tempo (sucessão ecológica):

im10

Espera-se que ao longo deste processo ocorra uma diminuição do (a):

a) produtividade líquida.

b) biomassa.

c) taxa de fotossíntese.

d) riqueza de espécies.

e) estabilidade.

Assunto abordado

Ecologia de populações (sucessão ecológica)

[collapse]
Resolução

Conforme o ambiente evolui de um cenário árido para uma floresta ocorrem as seguintes mudanças:

- Produtividade líquida cai devido ao aumento da taxa de respiração;

- Biomassa aumenta devido ao aumento da taxa de fotossíntese;

- Riqueza de espécies aumenta devido maior quantidade de produtores;

- Estabilidade aumenta (o estágio do clímax é o mais estável).

[collapse]
Gabarito

Letra A

[collapse]

QUESTÃO 25

As primeiras plantas com sementes foram as pteridospermas, que existiram há cerca de 300 milhões de anos e cujo nome significa “samambaias com sementes”. Esse grupo, já extinto, apresentava características intermediárias entre as gimnospermas e as pteridófitas. Era constituído por grandes árvores de caules lenhosos, sendo, portanto, traqueófitas. Uma das características das gimnospermas é a existência dos estróbilos ou cones, que são conjuntos de esporângios protegidos por folhas em forma de escamas.

Uma estrutura que não deveria estar presente nas pteridospermas é o(a):

a) vaso condutor.

b) estômato.

c) semente.

d) estróbilo.

e) fruto.

Assunto abordado

Botânica

[collapse]
Resolução

O texto afirma que o grupo de plantas analisado era traqueófito, apresentando, portanto, vasos condutores de seiva. O estômato é uma estrutura vital para a respiração do vegetal, estando presente em todas as células vegetais. A semente é uma apomorfia das gimnospermas, assim como o estróbilo, portanto, pode estar presente no grupo de transição das pteridospermas. O fruto é uma novidade evolutiva que surgiu apenas nas angiospermas, portanto não se espera encontrá-lo em espécies intermediárias entre pteridófitas e gimnospermas.

[collapse]
Gabarito

Letra E

[collapse]

QUESTÃO 26

No ciclo reprodutivo das pteridospermas espera-se encontrar:

a) gametófito dominante.

b) produção de gametas por meiose.

c) alternância de gerações.

d) gametas masculinos e femininos com flagelos.

e) produção de esporos por mitose.

Assunto abordado

Botânica

[collapse]
Resolução

Alternância de gerações ou metagênese é o ciclo de vida no qual as gerações se alternam entre uma fase haploide (n) – gametófito - e uma fase diploide (2n) - esporófito. Esse ciclo está presente em todas as plantas e, por isso, é de se esperar que as pteridospermas também apresentem essa característica. Em relação à fase dominante, a partir das pteridófitas o esporófito é que é a fase dominante e duradoura. Além disso, analisando melhor o ciclo de vida dos vegetais, percebemos que os gametas são formados por meio de mitose do gametófito, enquanto que os esporos são formados por meio de meiose do esporófito (dita meiose espórica). Ademais, vale colocar que a condição retratada de gametas flagelados só se aplicaria a gametas masculinos (os anterozoides das pteridófitas).

im11

[collapse]
Gabarito

Letra C

[collapse]

QUESTÃO 27

Um animal que possua enzimas que promovam a digestão de glicogênio em seu trato digestivo, poderá se alimentar de:

a) parede celular dos fungos.

b) substância de reserva das plantas.

c) parede celular das plantas.

d) substância de reserva dos fungos.

e) parede celular dos animais.

Assunto abordado

Bioquímica

[collapse]
Resolução

O glicogênio é um polímero de glicose semelhante ao amido (substância de reserva em plantas). Esse carboidrato é extremamente ramificado e serve como fonte de energia em animais e fungos.

[collapse]
Gabarito

Letra D

[collapse]

QUESTÃO 28

Observe o desenho abaixo que representa a estrutura de uma glândula:

im12

Esta imagem pode ilustrar a estrutura da seguinte glândula:

a) tireoide.

b) mamária.

c) hipófise.

d) adrenal.

e) pineal.

Assunto abordado

Histologia (tecido epitelial)

[collapse]
Resolução

A imagem mostra uma glândula exócrina, tendo em vista que o canal da glândula não desemboca em um vaso sanguíneo. A única glândula exócrina das opções é a glândula mamária. Todas as demais glândulas secretam suas substâncias (denominadas hormônios) diretamente na corrente sanguínea.

[collapse]
Gabarito

Letra B

[collapse]

QUESTÃO 29

Um ambiente em que devemos encontrar uma grande quantidade de espécies halófitas é:

a) Amazônia.

b) Mata Atlântica.

c) Restinga.

d) Mata de Araucária.

e) Pampas.

Assunto abordado

Ecologia (biomas)

[collapse]
Resolução

Halófitas são plantas que crescem bem em solo com grande concentração de sais. Esse solo pode ser facilmente identificado no ambiente de restinga (ambiente litorâneo) devido à proximidade com o mar ou em manguezais (devido à zona de estuário – encontro de um rio com um mar).

[collapse]
Gabarito

Letra C

[collapse]

QUESTÃO 30

O aumento da salinização do solo nos solos do interior nordestino decorre:

a) da irrigação artificial de solos em regiões quentes e secas.

b) do sertão já ter sido mar em eras passadas.

c) de mudanças climáticas globais, como o buraco na camada de ozônio.

d) do aumento da pluviosidade local em anos com ocorrência do efeito climático La Niña.

e) do uso excessivo de agrotóxicos nestas áreas agrícolas.

Assunto abordado

Ecologia

[collapse]
Resolução

A água utilizada na irrigação dos solos apresenta uma série de sais minerais. Quando a água evapora, ela deixa para trás todos esses sais, que, devido à falta de chuvas, se acumulam causando a salinização do solo (principalmente no semiárido nordestino).

[collapse]
Gabarito

Letra A

[collapse]

 

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×
0 Flares Facebook 0 0 Flares ×
%d bloggers like this: